segunda-feira, outubro 20, 2008

26...


26...

Fiz um poema com cheiro de alegria,
mas fui assaltada pela tristeza de tua ausência
e o papel, com as lágrimas, calou os versos teus.

Eliane Alcântara.

2 comentários:

Ana da Cruz disse...

Lindo! Parabéns! Continue escrevendo deste jeito e lançaremos um best seller de vendas. Vê se entra em contato, Eliane.

Ana da Cruz

Fernando Rozano disse...

sempre sensível e com uma escrita madura e rica. belíssimo, Eliane. beijos.