quinta-feira, novembro 20, 2008

28...


28...

Sua boca chave
sabe abrir meu sorriso
se a língua atua.

Eliane Alcântara.

Um comentário:

Fernando Rozano disse...

essencialidade sangüínea e carnal com extrema sensibilidade. beijo, Eliane.