domingo, agosto 24, 2008

5...



5...


Esquente meu coração com a magia que sei que tem,
dosagem certa para que meu corpo celebre novos amanheceres.

Não deixe que eu caía em trilhas confusas e acredite certas,
fique ao meu lado para que eu não desvie o meu sentir.

Inicie em minha alma a descoberta já sabida de seus planos,
mapa de nossos momentos esquematizados para mais do prazer.

Adormeça ao meu lado contando de coisas bobas, tão nossas,
coisas que esperamos revelar ao mundo em Poesia e Paixão.

Faça com que a cada pedacinho do dia eu sinta saudades
e corra em seu encalço na pretensão de ser a caça.

Molha meus desejos com a invenção dos seus,
prostitua minha carne cravando na mesma o seu lacre de meu dono.

Quando eu chorar faça com que eu entenda que me ama
com um amor tão grande que nada será capaz de abalar nossos risos.

E quando sexualmente tomar-me toma-me inteira
para que eu carregue no olhar a razão de ser sua conquista diária.

Eliane Alcântara.

2 comentários:

JMJC disse...

Olá Eliane q lindo poema adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii demais, bela sequencia ou seguimento...........tds eles mt belos, virei aqui amanha ver outro, assim espero bjsssssss

Fernando Rozano disse...

o amor é sempre um novo amanhecer. beijo, Eliane.